Tropical Escape - Aluguel e Venda de Casas em Orlando

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

BANHO DE LOJAS EM ORLANDO


Fala Galera! Tudo Certo?!

Navegando pela internet hoje, encontrei uma matéria muito interessante no site da revista VIAGEM & TURISMO e achei muito legal dividir a matéria com vocês!

Bora Para Orlando Galera!!!

Claiton

EDIÇÃO 203/SETEMBRO DE 201231/08/2012

Compras: banho de loja em Miami e Orlando
Os brasileiros estão fazendo história na Flórida. Já somos a população que mais visita Miami eOrlando. Motivo? Go shopping, como dizem por lá

por Manuela Nogueira
Fonte: VIAGEM E TURISMO


Fachada da Universal Studios Store, no complexo dos parques da Universal, em Orlando

ORLANDO: DIVERSÃO INDOOR

Num primeiro momento é difícil entender como os brasileiros arranjam tempo para fazer compras emOrlando, um lugar onde estão os maiores e mais famosos parques temáticos do mundo. Mas, ao ver os preços dos shoppings e outlets, quem de resistir há? Tênis da Nike por US$ 65? Yes, they can. Ao norte, perto do complexo da Universal, estão o luxuoso Mall at Millenia e o popular Orlando Premium Outlets – International Drive. A oeste do aeroporto, na South Orange Blossom Trail, fica o Florida Mall, o maior dos shoppings. E nas redondezas do Walt Disney World estão dois outlets, o Orlando Premium Outlets – Vineland Avenue e o Lake Buena Vista Factory Stores.

Onde somos vips

Assim como em Miami, os principais pontos de compras em Orlando também são os shopping centers. O mais luxuoso é o Mall at Millenia (4200 Conroy Road, Millenia Boulevard, 407/363-3555,mallatmillenia.com, 2ª/sáb 10h/21h, dom 11h/19h). Por seus corredores de mármore não existem quiosques nem anúncios publicitários – tudo para a experiência das compras ser mais agradável. Brasileiros são comuníssimos no lugar, tanto que o tratamento é diferenciado. Lojas como Gucci, Louis Vuitton, Saks Fifth Avenue e Bloomingdale’s têm funcionárias brasileiras. A Neiman Marcus reforçou seu estoque de bolsas Balenciaga (de R$ 1 450 a R$ 3 790) só por causa das clientes brasileiras, que compraram tanto desses itens na última coleção que desta vez se encomendou o dobro. Outras paradas bacanas são a Urban Outfitters, a Kiehl’s, a M.A.C. e a Zara, na qual uma calça jeans feminina sai por R$ 72 – nas filiais do Brasil custa R$ 140 em média. E o shopping acaba de ganhar três reforços: Rolex, Tag Heuer e Emporio Armani. “É pequeno, agradável e tem uma unidade da Best Buy pertinho, no estacionamento. Ideal para quem não tem intenção de comprar em grandes quantidades”, diz a advogada cearense Liliane Freire. Na hora da fome, vale parar no restaurante The Cheesecake Factory, com 40 tipos da clássica torta americana.

Vale também conhecer o Florida Mall (8001 South Orange Blossom Trail,407/851-6255, simon.com; 2ª/sáb 10h/21h, dom 12h/18h), o maior da cidade, com 270 lojas. Todo ele ocupa um único andar, e é bem fácil circular. Entre as âncoras estão a Saks Fifth Avenue (que tem marcas de luxo como Prada e Armani), a Nordstrom, a M&M’s World – a dos pequenos chocolates coloridos – e a Disney Store, com bonecas das princesas mais queridas das meninas.
Bolsas da Kipling no Orlando Premium Outlets – Vineland Avenue - Foto: Elaine Ianicelli

Os outlets

No Orlando Premium Outlets – Vineland Avenue (8200 Vineland Avenue, 407/238-7787,premiumoutlets.com; 2ª/sáb 10h/23h, dom 10h/21h), um ritual se repete todos os dias. Centenas de brasileiros descem de dezenas de ônibus de excursão e, em primeiro lugar, compram uma mala nova – justamente para enchê-la com as aquisições do dia. Esse fenômeno tem uma causa: descontos de até 65%, sem contar as liquidações. Além disso, o grande diferencial do outlet é ter grifes topo de linha, como Fendi, CH Carolina Herrera, Burberry e Salvatore Ferragamo. Recentemente foi inaugurada uma loja da Prada, que vende roupas, acessórios e perfumes da etiqueta italiana. “Precisei de dois dias para conhecer de verdade todas as lojas. Refiz o guarda-roupa na Calvin Klein, comprei bons jeans na Levi’s e trouxe várias velas perfumadas da Yankee Candle”, conta o médico Ronaldo Braga. A Kipling, na qual os brasileiros são 80% da clientela, faz as encomendas para seu estoque de volta às aulas de acordo com o calendário escolar do Brasil, e não com o dos Estados Unidos. Na DKNY, o cozy, que pode ser usado como casaco ou blusa, custa R$ 140 (em outras lojas americanas,custaria R$ 350). Outras barganhas: bolsa de carregar maquiagem da Roberto Cavalli por R$ 58 e vestido de festa da Carolina Herrera por R$ 990. Antes de viajar, vale entrar no site e se cadastrar para obter o cartão vip, que dá direito a promoções. O Orlando Premium Outlets – International Drive (4951 International Drive, 407/352-9600,premiumoutlets.com; 2ª/sáb 10h/23h, dom 10h/21h) pertence ao mesmo grupo. Nele, o forte são as tradicionais marcas americanas, como Victoria’s Secret, Nike e Calvin Klein. O horário de funcionamento é bem estendido – dá para ir aos parques com as crianças (ou sem elas) de dia e fazer compras à noite. Para quem quer fugir da muvuca, o Lake Buena Vista Factory Stores (15657 S Apopka Vineland Road, 407/238-9301, lbvfs.com; 2ª/sáb 10h/21h30, dom 10h/19h) é a pedida. Tem lojas Gap, Tommy Hilfiger, Calvin Klein, Nike e Levi’s, e os descontos nos produtos também chegam a 60%.

Toy Stores



Na terra do Mickey, das princesas e dos parques temáticos, não poderiam faltar boas lojas para comprar brinquedos. Downtown Disney é o centrinho do complexo Disney. “Ali há produtos que a gente não encontra em nenhum outro lugar”, diz a estudante de arquitetura Mayra Ribeiro. O grande destaque é o World of Disney, a maior loja Disney do planeta. Seus 500 mil produtos merecem cada suspiro arrancado da criançada – e dos pais. Uma mochila da Rapunzel, por exemplo, sai por R$ 24; o vestido de noiva da Cinderela, por R$ 159. Ali ficam o salão de beleza Bibbidi Bobbidi Boutique, que transforma meninas em princesas e meninos em piratas, e o Lego Imagination Center, que tem tijolos, carrinhos e bonecos educativos para entreter a família inteira. Os parques da Universal também contam com um centrinho de compras, o Universal City Walk. A maior loja do complexo é a Universal Studios Store, com suvenires ligados a personagens de filmes. Que tal levar um E.T. de pelúcia para casa? Custa R$ 40. Ou uma camiseta da mais nova atração do complexo, Meu Malvado Favorito, por R$ 44?

Fora dos parques e em fente ao Mall at Millenia ficam a Toys “R” Us e a Babies “R” Us (4607 Millenia Plaza Way, South Orlando, 407/226-0139, toysrus.com; 2ª/5ª 9h30/21h, 6ª/sáb 9h30/23h, dom 10h/19h; Cc: A, M, V), que pertencem à maior empresa especializada em brinquedos dos Estados Unidos. Na Toys “R” Us, os brinquedos custam em média 40% menos do que no Brasil. E na Babies “R” Us dá para montar o enxoval inteiro do bebê. Já imaginou comprar por R$ 400 um carrinho da marca Jeep que, no Brasil, custa R$ 1 600? Sim, em Orlando ossonhos se tornam realidade.

Fonte: Revista Viagem e Turismo - http://viajeaqui.abril.com.br/materias/compras-miami-orlando?pw=2?utm_source=redesabril_viajeaqui&utm_medium=facebook&utm_campaign=redesabril_vt&#12

Nenhum comentário:

Postar um comentário